Ateístas deveriam cuidar da própria vida e esquecer os religiosos.


Sempre leio alguns comentários de ateístas sobre a religião. O que me deixa apreensivo é:  por que os ateístas se preocupam tanto com a religião das pessoas.
Não seria mais fácil eles cuidarem de suas próprias vidas?
Se para eles Deus não existe, por que querer insistir em mudar as pessoas religiosas.
Esse fato só comprova a intolerância dessas pessoas com a religião. 
Você em toda sua vida nunca verá um religioso tentar converter um ateísta, por que é uma perda de tempo.
As pessoas que querem ser religiosas procuram uma filosofia que os ajude a viver, diferentemente de um ateísta que vive pelo egoísmo. Sabe por que são egoístas?
Simples, uma pessoa egoísta quer sempre provar que ela é um poço de sabedoria e da verdade, a única explicação da vida no universo Será mesmo verdade que eles tem a resposta do que é o universo?
Se eles são tão inteligentes me provem que Deus não existe e assim mudo de ideia.
O correto seria se os ateístas não quisessem enfiar goela abaixo algumas de suas filosofias da vida que para um religioso é a vida egoísta.
Tentem focar em suas vidas pessoais, sigam seus caminhos e esqueçam a Deus, pois se não acreditam por que insistem nessas invenções que só um ateísta consegue imaginar?
Em primeiro lugar, vivemos em um país livre e todas as pessoas tem direitos de ter sua religião, nenhuma pessoa tem direito de mudar a minha filosofia em que acredito. O certo seria o ateísta ir trabalhar e cuidar da sua família, da sua vida e esquecer as pessoas que acreditam na espiritualidade.
GOSTO DE PERGUNTAR: você ateísta acredita em que? 
Quer dizer que só o que você acredita é bom?
Será que o que você acredita é real ou verdadeiro?
Será que em sua filosofia de vida pode mudar a filosofia de uma pessoa com religião?
Nem sempre o que é bom para o ateísta é bom para o religioso.
Então, por que provocar os religiosos? Não seria essa, a prova de que os ateístas são intolerantes? 
A intolerância é parte do ateu? Será que a intolerância não é falta de respeito?
Será que a intolerância é constitucional?
Será que nós religiosos não temos os mesmos direitos em acreditar em quem quisermos como ao ateísta de não acreditar? Quem pode dizer que os ateístas estão corretos? Existe alguma lei que proíbe as pessoas de ter religiões?
Ou será que a intolerância é uma instituição ateísta?
Meu caro, ateísta, Deus nos diz que não devemos abordar quem não acredita, pois Deus tem o mesmo apreço pelos ateístas e também aos crentes, e não faz diferença entre crente e ateístas.
Então, quando for nos ofender e caluniar, pense se gostaria o mesmo fosse feito à sua crença. Não acreditar em Deus é uma crença também e não difere de nós crentes pois buscamos as mesmas coisas: felicidade, amor e paz.



Quem seriam os anjos caídos.


Muitas pessoas tem várias dúvidas sobre esse tema. E gosto de lembrar que as pessoas acham que anjos são entidades espirituais que seguem as leis de Deus. Na verdade, anjos caídos não seguem as leis de Deus, de certa forma são entidades rebeldes às leis de Deus.
Na verdade Lúcifer é o primeiro anjo caído, seguido por alguns que o ajudou em sua rebeldia perante às leis de Deus.
Lúcifer não seria maléfico, apenas não queria servir a Deus. A explicação é bem simples: trata-se do livre-arbítrio. Todos nós seres humanos temos o livre-arbítrio total, podemos fazer o que bem entendermos a hora que quisermos. Temos esse direito por viver aqui na Terra. Isso não nos faz anjos do Senhor e sim a representação de anjos caídos como Lúcifer.
Por que Lúcifer se rebelou? 
Todos os anjos não tem livre-arbítrio! Cada anjo segue a Deus em amor incondicional a Deus e não podem mudar nada que seja dito por Deus. As mensagens são levadas de forma unilateral. Não podem mudar nada que seja falado por Deus, nem mesmo mensagens trazidas por outros anjos a um ser aqui na Terra.
Por isso em meu artigo anterior, eu me referi a uma frase dita a mim: Ai de ti, se não escrever minhas palavras!
Esse tom imperativo é normal entre anjos que não sejam anjos caídos, ou mensageiros de Deus, jamais mude as palavras que recebeu tente ser o mais fiel possível. Não sei o que iria acontecer se não repetisse as palavras como ouvi. Até fiquei com muito medo de ter dito a frase de forma errada.
Os anjos caídos não precisam ser anjos, mas pessoas que estão em nosso planeta vivendo a vida na Terra podem estar em processo de descida ou apenas perdem seus postos no plano angelical e caem na Terra, e existem os que estão em ascensão.
Mas o ideal é não ter livre-arbítrio. Quem tem livre-arbítrio total nunca será um anjo no reino de Deus. Por que? Lúcifer prefere seguir seus próprios pensamentos e seus próprios caminhos e isso o torna livre. As maiorias das pessoas preferem viver livres. Muitos querem ser livres e amar a Deus, mas isso não existe. Ou ama-se a Deus ou a mamon. Não tem escolhas. 
Eu já tive várias visões em vários planos tanto espirituais e angelicais. Não me sinto um santo, não é isso, pois isso é possível a todos nós, basta você se entregar à sua espiritualidade. Quem vive na materialidade, nunca conseguirá entender o que é isso, e sempre irão dizer que nós somos malucos ou visionários.
Quando estamos em vida terrena, não podemos sentir a vida espiritual devido às nossas limitações pessoais e não por nossas limitações espirituais. Em mensagem, me disseram que todos recebem essas visões e mensagens. Não há distinções, mas só aqueles que se abrem espiritualmente é que conseguem interpretá-las ou sentir o chamado de Deus. 
Quem seria Deus? Uma entidade ou um ser super poderoso? Nada de entidade ou de algo super poderoso, Deus é o próprio amor ou o amor incondicional. Observe as pessoas que não acreditam Deus, não sentem amor, vivem em busca de poder e riqueza, para subjugar outras pessoas. Esse é o sentido escravocrata do livre-arbítrio total. 
Deus nos deu o livre-arbítrio para uma escolha: o amor incondicional. Quem ama incondicionalmente não vê o invólucro, não vê lado espiritual, apenas ama, mesmo que seja de forma sem juízo, como muitos dizem de amor juvenil.   
Deus prefere o amor de uma criança, pois esse amor é quase angelical, muitas crianças tem um perfil angelical e com o tempo vão perdendo e tornando-se mais carnais e de livre-arbítrio total.
A ideia de Lúcifer é boa, não é ruim, mas ela não apresenta o amor incondicional. a diferença entre o amor de Lúcifer e Deus, é o amor total e unilateral das leis de Deus. Sem pestanejar sem mesmo discutir devemos seguir essas leis. Por que seguir cegamente as leis de Deus? Por que são leis de amor incondicional, nada de amor para satisfazer as sensações como a maioria dos anjos caídos gostam, na verdade o que importa para um anjo de Deus é seguir essas leis. A amor a Deus é uma forma de seguir a Deus, e respeitar o que foi dito ou enviado. Anjos não pensam o que devem dizer apenas são mensageiros e isso basta.
O Lúcifer gosta de ficar discutindo o que vai fazer e o que deseja fazer, e adora tirar a sorte para saber o que vai acontecer. Essas características ligadas às sensações de prazer e de fantasias, são características do lado luciferiano. Anjos caídos adoram informações ou coisas para mudar algo que já está pré definido pelo universo. Gosto de dar o exemplo do aborto: muitas mulheres preferem o aborto do que buscar outras soluções como usar precauções para a gravidez, preferem a escolha mais fácil que é retirar a criança, na verdade um infanticídio. Pilulas do dia seguinte, camisinhas femininas, etc. Não há necessidade de matar uma criança só porque é seu direito. Na constituição federal, a vida é iniciada na gravidez e já dá o direito de vida a qualquer criança. O fato de escolher o aborto é livre-arbítrio total. Além do aborto ser uma medicina ilegal torna o aborto perigoso para a vida da mulher. Sabemos que o sexo é gostoso, prazeroso, mas devemos ter responsabilidade, pois você gostaria que sua mãe te abortasse?
Mas o luciferianismo é um forma de enganação que as pessoas tem sobre as outras pessoas, o seu direito de alguma coisa termina no meu. Nem sempre o livre-arbítrio não lhe dá o direito de matar outra, e pior ainda uma criança. Nada devemos matar em detrimento de nossos direitos de livre-arbítrio. Como escrevi seu direito termina em você mesmo[a]. Por, isso aos poucos os direitos ao livre-arbítrio total vão se tornando impossíveis, pois a cada ano que se passa as pessoas diminuem seus direitos ao livre-arbítrio total. A tendencia mundial será a abolição ao livre-arbítrio e quando isso começar o planeta passará ser menos um planeta de regeneração espiritual.
Os anjos caídos são uma forma natural que Deus também nos deu, não se trata de algo errado, e sim uma forma de ensinamento para espíritos em evolução, mas torna-os menos evoluídos.
Lúcifer teria mais poder na Terra do que nos céus, pois a Terra é um planeta de livre-arbítrio e assim será por anos até que o ser humano se regenere e opere a abolição total do livre-arbítrio.Um exemplo de livre arbítrio que gosto de relembrar é a história de Adão e Eva. Ela é um exemplo didático de como nós nos tornamos anjos caídos. Deus recomendou aos dois: não comam do fruto do conhecimento, que os matará. Na verdade, o conhecimento, fez a bomba atômica, as usinas de Chernobil e Fukushima, fez a Segunda Guerra Mundial, e provavelmente fará a terceira, isso porque o ser humano não respeita suas próprias capacidades, e cria a própria tumba que irá usar.
Esse é o livre-arbítrio uma faca de dois gumes, ajuda e mata ao mesmo tempo. Se o homem usasse menos o livre-arbítrio o planeta estaria em outro grau de evolução. Mas para Lúcifer e os anjos caídos isso é uma mera formalidade.
Poderíamos viver sem o livre-arbítrio total? Claro, não precisamos dele e ele só destrói nossa capacidade de sermos mais felizes. O livre-arbítrio é uma desculpa para justificar a própria destruição, à morte, a guerra e as atrocidades humanas.

Viagem com Lúcifer [Mensagem no ano de 2016]

Antes de assistir ao vídeo, leia minhas palavras, pois elas tem a ver com o vídeo, tudo que você lerá aqui é mais pura verdade, não retirei nenhuma palavra, apenas o segredo da árvore da vida que irei revelar, em algum tempo no futuro, mas essa experiência foi liberada para mim, para mostrar a verdade para você. Hoje dia 13/02/2016, tive uma viagem estranha e muito complexa de escrever, pois ela trata-se sobre a queda de Lúcifer e dos anjos rebeldes.


Fui até uma cidade, e ao chegar lá, fui a uma mansão muito antiga, mas muito luxuosa e logo fui chamado para subir, chegando no andar, haviam várias secretárias muito atenciosas e logo me atenderam. Era uma sala muito grande com o pé direito alto, mais parecia com uma igreja do que com uma casa, mas tinham salas e portas muito altas, como em igrejas.


Nada senti de diferença do lado de fora, parecia tudo normal, as mulheres me olhavam com um certo ar de prazer de me ver e de que estivesse ali esperando o tal homem. Nem sabia quem seria o homem, só fiquei ali esperando e observando a sala gigantesca e com móveis clássicos. E com uma iluminação suave. O cheiro lembrava de uma casa velha. As secretárias pareciam muito pequenas em relação ao ambiente. 
Esperei por alguns instantes até que um homem muito simpático, mas já com idade avançada, com cabelos brancos e corpo esguio, observando o corpo, não aparentava  ser um homem mais velho apenas tinha um rosto já com expressão de uns 60 a 70 anos, mas como disse o corpo bem juvenil. Logo, me chamou para entrar  na sala, e logo pediu desculpas por me fazer esperar. 
Como sempre em minhas viagens, sou comedido, mantenho meu jeito de ser e todos me respeitam desse modo, nunca desrespeito ninguém. Ele com grande simpatia me disse para entrar e fui observando as obras de arte um tanto diferentes do que havia visto, eram obras com o tema satanista. Ele olhou para mim e disse: tenha seu tempo de vê-las são interessantíssimas não é? Eram obras que mostravam cenas do Inferno de Dante e outras imagens.
Existiam imagens de cruzes  e algumas que nunca havia visto na vida, e fiquei ali observando por algum tempo para elas, até que continuei em frente e o homem já estava sentado em uma grande mesa de madeira vermelha, todo local era de madeira, mogno e com muitos quadros referentes ao tema por toda a sala.
Ele foi logo me dizendo que estava feliz que estava ali conversando com ele, e logo foi me explicando que queria eu ficasse a vontade. Ele me achou tenso e queria que me sentisse tranquilo e livre. Mas disse que estava bem, ele se apressou em dizer que tudo que conhecia sobre o mundo iria mudar, que a minha visão sobre o ser humano iria mudar, que a vida não era o que imaginava.
O planeta é um mundo controlado por ele, que tudo na Terra é parte de sua Matrix que ele mesmo criou para o ser humano viver. Imaginei: então tudo que nós vemos foi criado por ele? Tudo, até mesmo as religiões, ele controlava tudo e todos. Mas cada um tem seu próprio livre-arbítrio cada um faz o que quiser, mas que ele é a favor da vida e não da morte. Tanto que as doenças não existiam, não existem doenças, como a Aids, como o câncer, essas doenças são um tipo de miasma espiritual de vidas passadas, coisas que vem com espírito ao voltarem a ter vida.
Ele me disse, que o que ele quer é a vida do ser humano, seja vivida sem medos e com extremo livre-arbítrio e o que cada pessoa comete de errado, irá ser levado com ela para a eternidade, pessoas podem pagar pelo que  fazem pelo resto da vida espiritual, quanto mais mal cometem, mais irão pagar em vida.Não se paga no plano espiritual, mas aqui nesse plano mesmo.
Quando ele conversava comigo; todo o quarto mudava, os quadros ficavam diferentes, com corpos nus de homens e mulheres. Tudo mudava e parecia tornarem-se vivos. Ele olhou para mim e disse: você precisa se libertar também de suas roupas. Eu não queria, estava bem com roupas, mas ele insistia para tirar a minha roupa.Em forma de respeito tirei a roupa e me senti mais tranquilo, logo notei que as secretárias estavam todas nuas e outros homens também e fiquei ali com um certo receio. Não fiquei pensando besteiras como, nossa parece um bacanal, ou que tudo parecia ir para uma festinha particular. Tudo muito respeitoso, apesar de estarem todos nus. Me senti livre naquele momento, também entendi o que é livre-arbítrio. O livre-arbítrio é a nossa liberdade quando estamos nus tomando banho, quando nascemos. Nesses instantes de nossa vida nós somos filhos de Deus, totalmente livres e desligados de nossas materialidades pessoais, nossos medos, nossas vaidades, nos tornamos seres livres, mas será que é essa a verdadeira liberdade? Ou nossa eterna dívida com Deus?
Todos estavam nus naquele momento em diante algo que não posso revelar e foi-me dito o verdadeiro segredo da humanidade, como ganhar dinheiro e o que é o poder, de onde vem o poder, como conseguir a riqueza, tudo isso me foi mostrado e foi ensinado o que é a Árvore do Conhecimento que está na Bíblia. Não poderei dizer, porque isso foi revelado a Eva, no dia da revelação de Lúcifer.Por que não posso falar? Muitas pessoas querem saber o verdadeiro significado da árvore da vida, por que esse é o segredo mais bem guardado de muitas sociedades secretas, muitos satanistas sabem sobre esse segredo, pois é ele que dá a riqueza.
Foi ensinado para mim, para que isso seja feito, é claro que é uma escolha pessoal de cada um. A verdadeira árvore da vida, acredito que ainda será revelada, talvez por mim em algum tempo do futuro, mas acredito que Deus quer que revele a vocês de certa maneira.Acho que ainda não é hora de revelar.
Bom, Lúcifer me ensinou algumas coisas que as pessoas precisariam saber, e que para mim é uma forma de me chamar para o seu lado. Os anjos caídos vivem em nosso planeta, nós somos anjos caídos, todos vivendo aqui na Terra, em forma de corpos humanos, mas o nosso interior é de culpa, medo e certeza de punições. Mas como disse será que podemos escolher ainda? Deus nos deu essa oportunidade.
Lúcifer falou comigo e mostrou suas verdadeiras intenções, de como o ser humano irá viver no futuro e me escolheu para ser seu ajudante. É realmente difícil escolher, pois Lúcifer é realmente uma pessoa maravilhosa, atenciosa, quer, e preza pela vida, mas existem algumas escolhas que é venerá-lo pela eternidade. Sou filho de Deus e minha escolha já foi feita, sou Deus em meu interior e apesar das grandes propostas que Lúcifer ofereceu, nada mudam meu modo de ver a vida. 
Lúcifer me ofereceu poder, dinheiro, tudo o que imagina de felicidade, soube hoje dia 14/02/2016, porque estive em outra viagem astral, dessa vez foi com Deus,e que estamos na mesma situação dos anjos caídos. Deus mostrou meu rosto em um tipo de folha em qual sou procurado, como se estivesse em uma lista de anjos caídos. Deus não disse que posso estar nela, mas que estarei caso resolva aceitar as leis de Lúcifer. Deus me deu uma escolha, ou sigo ele ou Lúcifer, não posso seguir aos dois ao mesmo tempo. 
Quando estive na viagem com Lúcifer, senti a verdadeira intenção dele ao me chamar, e coloquei o vídeo para mostrar para você como funciona essas tentativas de te chamar para enquadrar o exército de Lúcifer, pois é chegada a hora da escolha. Ele me deu a chance de escolher o lado, para que viva a vida  luciferiana, mas sou muito teimoso, e Deus sabe disso, e tem medo que eu caia na vida luciferiana, de desejos, de luxúria e de subserviência ao Diabo.
É fácil querer ir para o lado de Lúcifer, mas existe algo que as pessoas não entendem, quando passamos para o lado de Lúcifer, você terá a luxúria, a riqueza, os desejos pessoais, mas será sempre um escravo. Não é como viver com Deus, não somos escravos, vivemos a liberdade, de amar de ajudar de viver o amor perfeito da vida feliz.
Na vida com Lúcifer, vamos viver o secreto. O dinheiro é bom, mas traz a escravidão, vivemos em favor do dinheiro e não da felicidade ou do amor verdadeiro, tudo é superficial, tudo é enganoso, tudo é livre, mas o que é velho não é válido, apenas o novo,  apenas o viril. As pessoas precisam fazer certas coisas que dará algo a elas, nada que vem de livre-arbítrio, mas de favores prestados, tudo deve dar em troca do dinheiro, até mesmo a própria vida.
Eu pensei muito na proposta de Lúcifer, porque estou na pior fase da minha vida, pois tudo que tinha está indo embora, parece que o mundo está ruindo nas minhas costas, e penso na lealdade a meu pai e meu criador. Hoje, foi um dia em que no final acabei por realmente pensar na verdadeira vida que é a vida que Deus me deu de pobreza e de ajuda ao próximo, não posso dar nenhuma riqueza, mas posso dar amor, palavras de conforto e de felicidade. Minha riqueza está no sentimento de meu coração. Essa é a riqueza que vale e satisfaz.
Lúcifer me ofereceu riqueza, sucesso, poder, e tudo que advém do materialismo, mas recusei, porque Deus me disse que ser pobre, não ter nada é melhor do que ter tudo e ser um eterno escravo do materialismo. Deus me diz, seja pobre, seja um homem pobre! O sofrimento é uma forma de liberdade do ser humano e não ter sofrimentos não é real, é o conceito da vida luciferiana. Sofrer faz parte da vida na Terra, e evitá-la é restringir-se da verdade universal da vida eterna.[Será que poderemos ser felizes com muito dinheiro? Será que isso realmente importa ou é apenas uma ilusão?]
Pois, Lúcifer é muito categórico e nos mostra o lado do poder, nos dá conhecimento, nos dá poder sobre as outras pessoas. Não iria escrever sobre isso, mas já escrevendo;Lúcifer me mostrou que tem o poder sobre todas as pessoas que adquirem riqueza, esses homens e mulheres, vivem na mídia, são pessoas que vocês conhecem, gente famosa, só que para que eles consigam tudo que querem, servem a ele, em uma forma de escravidão, para mostrar que isso era verdade, ele me mostrou tanto em lucidez como na viagem. Pois ao acordar coloquei algumas palavras que ele havia me dito, e para meu espanto, essas pessoas apareceram nas imagens do Google e  foi um choque para mim.
Ele me disse o segredo, que mantém essas pessoas no controle dele, e me disse: irei te provar que quando eu chamo uma pessoa, ela terá que aparecer e me fazer o favor que pedir, mesmo que seja para um indivíduo como você, que não é conhecido, não é famoso, um anônimo. Ele pediu e em alguns segundos a pessoa a quem ele tinha chamado apareceu, e era um homem muito famoso, que não posso revelar. A pedido de Lúcifer ele se ajoelhou perante mim, e me reverenciou, como a um dono de escravos. Só sei que fiquei chocado com a presença dessa pessoa e até agora, não acredito que isso seja verdade, pois imagine o controle de qualquer pessoa. Fiquei realmente chocado ao ver essa pessoa, me reverenciando como a um rei, ajoelhado aos meus pés.
Esse é o poder de Lúcifer, e as pessoas serão eternos escravos, para todo sempre e é claro, será que viver pelo resto da vida espiritual servindo ao Lúcifer? Mas Deus me disse que não, que com o tempo as pessoas percebem que o dinheiro é uma forma de escravidão e que acabarão por perceber que ser pobre é melhor e mais feliz. [Na verdade é ser humilde, não viver de posses e de riquezas e luxúiria] 
O que posso revelar do que vi a você é que quando, procurei pelas palavras ditas pelo Lúcifer, veio algumas imagens de alguns famosos e uma delas, era a imagem da cantora Amy Winehouse. só para colocar um exemplo. O que senti ao ver Amy morta no chão, logo percebi que a vida das pessoas com sucesso ou mesmo milionárias deve ser uma vida de escravidão ao dinheiro, e é o caso dela. As necessidades por drogas e sexo, e manter-se dopada, talvez seja um sinal que as coisas não estão boas psicologicamente, nem fisicamente e nem espiritualmente para essas pessoas.
Talvez estou escrevendo para mostrar os dois lados do livre-arbítrio. Deus me pediu para escrever a verdade e que revelasse a você de forma realista o que escondem de nós, eu mesmo fiquei realmente assustado com essa verdade, mas foi bom ver que sou capaz ainda de escolher entre Lúcifer e Deus. Logo percebi que a vida de Lúcifer, tem o lado escravidão e do lado de Deus uma vida simples, livre e verdadeira, sem necessidades de ter dinheiro, ou mesmo viver na penúria, mas te dá a liberdade que um milionário jamais teria.
Se quiser escolher entre ser rico (milionário) ou pobre(não na literalidade, esteja entendido), a escolha é sua, mas depende muito se você quer viver a  liberdade ou escravidão.
Muita luz.

Qual o significado da vida?

25/11/2017

Muitas pessoas já se perguntaram ou fazem essa pergunta: qual seria o significado da vida?
Um homem sentiu-se mal e a sorte é que estava ao lado de um amigo. Logo o amigo insistiu que ele fosse ao médico, mas o homem resistiu por alguns minutos, mas o amigo continuou insistindo até que o homem não resistiu e foi levado ao hospital.
Chegando lá os médicos fizeram todos os exames e ele estava muito mal e não teria chances de sobreviver se não fosse operado naquele dia. O homem recebeu anestesia e foi levado à sala de cirurgia às pressas, pois precisa da cirurgia de forma urgente.
O homem relembra tudo que aconteceu logo após a anestesia. Ele tentava dizer aos médicos que ele consciente e que ele não estava em estado letárgico. Tentou sem sucesso, mas sua boca estava  fechada como se não tivesse mais controle do próprio corpo. Na verdade ele estava fora do corpo, em um estado que se chama de experiência quase morte, ou EQM.
Ficou ali, deitado observando os médicos fazerem uma incisão no peito e logo após viu os médicos retirarem seu coração. Nesse instante o homem perdeu a consciência e logo percebeu que não estava mais na sala de cirurgia. Notou uma forma de névoa ao redor e o que seria um ser ao seu lado.
E uma voz com grande autoridade disse: não vire-se e olhe meu rosto!
O homem riu e perguntou: por que não posso olhar seu rosto?
A voz respondeu: se você me ver não sairá mais daqui, mas você tem uma missão e não pode ficar.
O homem já sabia quem estava falando e sentiu a presença dessa entidade como a presença de Deus. Logo, sentiu porque respeitou a ordem de Deus para não virar-se e ver seu rosto.
Então, como se tivesse um sentimento e não uma visão, notou a presença de Deus sentado em um tipo de trono bem simples sem nenhuma decoração.



Deus disse que poderia fazer alguma pergunta se o homem quisesse. O homem ficou em dúvida e qual pergunta faria. Não tinha nenhuma ideia para as perguntas e o que lhe surgiu em mente foi: qual seria significado da vida?
Deus riu ao escutar a pergunta do homem.
O homem não compreendeu  o riso de Deus ao fazer tal pergunta e disse:
-Por que o Senhor riu de minha pergunta?
Deus disse: quase todas as pessoas quando me veem fazem essa pergunta!
Nesse instante Deus o abraçou.
O homem ao sentir o abraço de Deus disse: senti algo que nunca havia sentido aqui na Terra, um sentimento de amor incondicional tão forte que senti dentro do corpo. 
Na verdade Deus preferiu mostrar do que falar. Eu já escrevi isso em vários artigos que Deus prefere mostrar do que falar. Às vezes o ser humano precisa sentir do que ouvir, ver do que ouvir! É uma natureza humana do corpo carnal. Eu já tive várias visões com Deus e sempre recebo essas mensagens e posso garantir que ele viu Deus de verdade, pois escreverei uma de minhas visões com Deus no final do artigo.
Deus preferiu mostrar, porque as palavras não expressam os sentimentos. Nem sempre as palavras conseguem expressar algo que nós sentimos ou queremos expressar, então o contato é necessário.
O amor incondicional, só pode ser mostrado em atitudes, em ações como: o abraço, a caridade e o respeito. Não podemos só dizer que amamos alguém apenas por dizer e sim mostrar a essa pessoa o que é amor. Mas imagine um abraço dado por Deus e sua força em nosso corpo.
Pois, o abraço que Deus deu aquele homem, o transformou completamente e quando acordou sentiu que sua missão havia começado, e de revelar aquilo que aconteceu com ele para todas as pessoas.
Qual o significado da vida? AMOR! O amor incondicional é a resposta se quiser entender tem que vivenciá-lo e ofertá-lo às pessoas. Na verdade, Deus disse em palavras materiais, que nós estamos aqui na Terra para aprender a viver o amor a viver o amor incondicional.
Richard é real e conta sua história nesse testemunho:

Bom, deixaria para outro artigo, mas é importante colocar o meu próprio testemunho:
Sempre tenho visões após acordar, mas neste dia em especial não tive, então em meditação perguntei para Deus, pois sempre que tenho alguma dúvida faço perguntas para Deus. Minha pergunta foi essa: como é rosto do Senhor Deus?
A resposta veio com uma imagem: a imagem foi a mesma que esse homem sentiu, pois não pode ver e nem pude ver em minha visão e o que vi foi um homem sentado em um trono muito simples, parecia de madeira ou de pedra, sem nenhum contorno ou adereços. Ele olhava para mim, mas o rosto era de meu próprio pai. Notei uma luz muito azul em seus olhos e a luz era de uma pureza inimaginável.
Alguns dias atrás recebi, outra mensagem que me disse a frase: Ai de ti, se não escrever minhas palavras![Por que Deus falou dessa maneira?Irei explicar em outro artigo, sobre anjos caídos]
"Vós nunca deveis esquecer de teu pai, aquele que vos criou aquele quete destes vida a ti, aquele que um dia também fora uma criança. Vós sois filho e também o pai e também o avô, jamais esqueceis de vosso pai, seu verdadeiro criador."
Alguns meses depois que isso aconteceu meu pai morreu.
E até hoje, lembro dessas imagens, pois estão vivas em minha mente. Acredito que Deus está em todos nós e que de um jeito ou de outro temos essa ligação como do homem do vídeo acima, outras pessoas já passaram por isso. Eu também tive uma EQM 10 anos atrás e depois disso comecei a escrever sobre os temas espirituais.

A parábola dos dois amigos [Mensagem recebida]


Recebi essa mensagem alguns meses atrás, sobre quem seria seu melhor amigo.
João sempre visitava o amigo Zacarias fazia sol ou chuva.
 As pessoas diziam querer um amigo como João, pois sempre visitava o amigo fazia sol ou chuva. Até que um dia João não veio e as pessoas comentaram: por que Zacarias não vai até a casa de João para saber o que aconteceu?
Então surgiu uma pergunta: quem é melhor amigo: João ou Zacarias.
Todos responderam: João, pois ele sempre visitava o amigo fazia Sol ou chuva e Zacarias nunca ia até a casa do amigo.
Na verdade, João tinha um amigo e Zacarias também tinha. Esse amigo se chama Deus, pois ele faça sol ou chuva está com os dois e nenhum ficará desamparado. Porque Deus é onipotente, onipresente e onisciente. 
Quando quiser saber qual seu melhor amigo lembre-se: que Deus nunca irá deixá-lo, ele é seu melhor amigo para sempre.

Karma existe?


Recebo sempre essa pergunta: será que existe o karma?
Se existisse o karma todas as pessoas seriam boas e não cometeriam erros cometidos em vidas passadas, todos nós teríamos um karma.
Karma ou carma significa ação, em sânscrito (antiga língua sagrada da Índia) é um termo vindo da religião budista, hinduísta e jainista, adotado posteriormente também pelo espiritismo.
Toda ação merece uma reação, mas será que isso é verdade? Pensando nesse termo, na verdade o espiritismo retirou de outras religiões, mas será que o termo seria verdadeiro?
Eu recebi essa pergunta de um leitor do meu outro blog, mas durante a noite recebi uma mensagem sobre o que seria a explicação correta para o que seria karma,mas não é essa que está embaixo irei ao longo do artigo explicando.Essa  definição é a mais corriqueira:
Na física, essa palavra é equivalente a lei: "Para toda ação existe uma reação de força equivalente em sentido contrário", ou seja, para cada ação que um indivíduo pratica vai haver uma reação, dependendo da religião o sentido da palavra pode ser diferente, mas usualmente é relacionada a ação e suas consequências.
Quando a pergunta me foi feita, respondi presumindo o que seria se todas as pessoas e espíritos tivessem o karma: na verdade se para toda ação existe uma reação, então quem mata ira ser assassinado da mesma forma que matou, essa é a ideia geral do que seria karma.
Todos nós cometemos erros em nossas vidas e esses erros podem ser dirigidos a nós durante nossa nova vida, mas como explicar isso sabendo que crianças morrem por doenças irreversíveis ou morte prematuras, Na verdade, muitas crianças sofrem problemas advindos de mal-formação durante a gestação, muitos casos são causados por mulheres que fumam, bebem e usam drogas ou pegam doenças durante a gravidez, são a maioria dos casos e não tem nada a ver com karma. Muitos espíritas diziam que os casos de microcefalia, são karma de pessoas que por algum motivo se suicidaram com um tiro na cabeça, isso é realmente uma babaquice e invenção. 
Durante o processo de vida que nós passamos na Terra, cada vida tem um significado próprio e nem todas são reais, tem gente que acha que só porque tem câncer no estomago é porque levou um tiro no estomago, não se trata disso. O karma como me foi passado, seria algo que você comete a alguém e por algum motivo esse algo foi retirado de você, roubos, sua vida, coisas materiais, e só serve para o plano carnal e não serve para o plano espiritual.[Imagine da seguinte maneira, se você cometeu algo criminoso, não serve para o espírito, pois os seres mais elevados não estão nem aí com o materialismo, isso são coisas pessoais de cada um, para o plano espiritual não serve para nada, o que serve são seu atos caridosos que elevam seu espírito]
Muitos pensam que o plano espiritual é um plano limpo um tipo de salvação, mas como faço muitas viagens astrais e espirituais para esses planos, notei que tanto no plano espiritual como no plano carnal, existe materialismo. Se observar ao ler livros espíritas eles se referem ao plano espiritual como sendo igual ao plano carnal que nós vivemos, com casas, carne, casamentos e até sexo.
Então, para que serve o karma?
Não seria ideal o plano espiritual ser mais limpo ou mais puro?
Acredito que os planos espirituais não seriam o local ideal para uma limpeza, então os espíritos voltam para a Terra do mesmo jeito que foram, e os karmas ou essas dívidas serão pagas de uma forma pessoal
Perceba que quando  uma pessoa renasce ela deveria ser diferente do que foi antes de morrer, a pessoa reencarnada até torna-se pior do que foi na vida passada, porque se fosse verdade que o karma existisse, todos os criminosos iriam morrer de alguma coisa, Portanto, o karma não existe, ou não podemos relembrar do que fizemos em vidas passadas. 
O karma imposto pelo espiritismo, de que as pessoas que nascem já vem com karmas de vidas passadas é uma mentira. Veja um exemplo: quando uma criança nasce paraplégica ou mesmo com microcefalia, a culpa não é da criança e sim da biologia da mãe, no caso da microcefalia, a mãe não se cuidou ou pegou a doença sem saber. Doenças graves são passadas de pais para filhos e não que são culpa do karma, portanto esse é um erro cometido pelos espíritas ao colocarem essa afirmação como verdadeira.
Reencarnação existe, mas não funciona da mesma maneira que os espíritas dizem: isso porque se fosse verdade as crianças que nascem agora já deveriam nascer sem problemas espirituais, mas o que vemos é o oposto. Tente ver pela lógica e não pelo que essas doutrinas ensinam sem nem tentar dar uma explicação convincente sobre o que eles acreditam.
VEJA PELO LADO LÓGICO: QUANDO UMA CRIANÇA NASCE É O PROBLEMA ADVINDO DE DOENÇAS ESPIRITUAIS OU DE DOENÇAS QUE NÓS BIOLOGICAMENTE TEMOS? É CLARO QUE PRIMEIRO TEMOS QUE VER QUE NOSSAS DOENÇAS TANTO PSICOLÓGICAS, MENTAIS E FÍSICAS VEM DE NOSSO CORPO FÍSICO.
Culpar o karma como causa de nossas doenças físicas é algo sem bases científicas não se pode basear todas as doenças como vinda de espíritos. Observe o seguinte: se fosse verdade, que uma criança que nasce tem uma doença porque morreu de alguma coisa semelhante na vida passada é no mínimo inconclusivo.
"Hoje, a maioria dos espíritas dizem que foram reis e rainhas, mas nunca dizem que foram pebleus", atente-se a essa realidade, nem todos foram reis e rainhas, por exemplo existem milhões de pessoas que acham que foram Napoleão Bonaparte, por que não um soldado de Napoleão, entende?
Essa lógica desmorona, essas teorias que dizem que o karma existe. Pode existir a memória ackáshica que é uma memória espiritual, mas nem todos estão abertos a ela, trara-se de poucas pessoas que conseguem lembrar-se da vida passada, mas até mesmo  essas pessoas que temos conhecimento de reencarnações de algumas pessoas famosas como o pintor Modigliani e o caso de Shanti Devi [http://medob.blogspot.com.br/2011/03/reencarnacao-caso-shanti-devi.html] sejam uma evidencia de que o karma realmente não existe, pois esses dois exemplos reais de reencarnação provam que não houve o efeito reação de como Modigliani viveu. Não tem nada a ver o karma e a ação e reação. 
Pode ser perigoso dizer isso porque as pessoas iriam ser mais ruins e muito mais viscerais e cometerem atrocidades. Não vejo dessa forma, mas a culpa de nossa sociedade ruim é nossa, nós criamos os assassinos, nós criamos os ladrões. POR QUE A SOCIEDADE É ASSIM, ELES RECLAMAM DOS ASSASSINOS E DA VIOLÊNCIA COMETIDA POR ELES, MAS É A PRÓPRIA SOCIEDADE QUE OS CRIAM. Não vejo solução para a violência e para as doenças enquanto o ser humano não se amar mais. 
O karma pode representar a ação e reação, mas não que seja uma realidade espiritual. Reações existem mas são naturais. Quando você mata alguém pode ser preso por isso, mas será aqui na Terra e não espiritualmente. Muitos casos de karma, que podem ser explicados, que venham a acontecer, provavelmente é porque houve a lembrança espiritual, de quem cometeu. Mas nem sempre encontramos as pessoas que estão em nossa mesma família, isso é quase impossível.
Acredito que possa haver grandes coincidências, mas pelo caso de Shanti Devi, vemos que não tem nada a ver. Sempre achei que se fosse Hitler reencarnado como seria minha vida, deveria nem nascer, mas essas pessoas vieram com esse propósito: fazer o que vieram para fazer, nem sempre é culpa nossa, mas a culpa da própria sociedade intolerante. Hitler foi humilhado várias vezes e até mesmo foi rejeitado como pintor na Academia de Pintura da Alemanha. Não vi em seus quadros algo ruim que poderia ser ridicularizado e vamos dizer que o fato dele ter sido rejeitado não faz diferença para você, mas para ele, fez a diferença. Hoje poderíamos  ter um pintor alemão chamado Hitler e não um ditador chamado Hitler. Percebeu a diferença entre ação e reação? 



Karma não seria a solução, acredito que o livre-arbítrio faz a diferença em nossa vida espiritual. Não podemos seguir algo traçado, não existe um tipo de lei de ação e reação na forma espiritual, se fosse verdade então Hitler não seria um ditador. Ação e reação acontece na Terra e não no espiritismo. Ação e reação acontece com as pessoas em relação às outras, mas é algo natural. 
Karma é algo natural, ação e reação da sociedade, ação e reação da natureza. Como exemplo: se nós acabamos com o macaco ele vai morrer e outras reações acontecerão no futuro, se você destrói a natureza irão acontecer problemas com você, então não devemos confundir ações e reações naturais com espirituais.
Não acredito que o John Lennon irá nascer e matar seu assassino! Nem que uma criança nasceu com microcefalia levou um tiro na cabeça, isso é ridículo, mesmo em termos espirituais, não é válido, porque o cérebro é apenas uma forma física e não um espírito. Memória não é física, porque as memórias são associações que fazemos diariamente. Gosto de usar lógica para explicar meus comentários, use um pendrive como exemplo de memória: quando você copia os dados inseridos dentro dele para outro pendrive, isso não inutiliza os dados,eles sempre existirão.
Da mesma forma a memória espiritual, muda de corpo mas não muda a memória, o que pode acontecer é que no outro corpo, você se lembrar do que aconteceu na vida passada, isso é real, mas não é karma.
O caso de Shanti Devi é um exemplo, pode perceber que ela não sofreu algum tipo de karma, apenas nasceu e lembrou-se da vida passada.Acredito que o karma seria em alguns casos verdadeiros, quando as pessoas se encontram, como um assassino e sua vitima, mas não em casos de doenças que iriam passando de forma espiritual de um corpo para outro. Vejo que pode passar são as experiências e lembranças da vida pessoal. Doenças não sobreviveriam pelo espírito, se fosse verdade e eu tivesse câncer em todas as minhas vidas eu teria câncer também hoje? Não acontece isso é invenção.
Justificar algo que fizemos na vida passada para acusar a pessoa hoje, é algo patético e maldoso,  Só para justificar que a pessoa está sofrendo por algo, já vão logo dizendo que é karma e bla, bla. Há algo de errado com a explicação de karma, que não funciona no espiritismo.
Muita luz.

Mensagem: you must repent of your sins!


Recebi essa mensagem em inglês: "You must repent of your sins", " você deve arrepender de seus pecados". Uma voz clara e forte me chocou muito, pelo fato que tenho alguns pecados o qual não pedi arrependimento, e se quero atingir o reino de Deus devo, buscar esse arrependimento desse pecado que fiz quando ainda jovem.
Quero explicar como funciona o arrependimento de seus pecados. Muitas pessoas erroneamente acham que seus pecados são "pecadinhos", mas os pecados estão relacionados aos seus erros do passado ou presente  que feriu alguém, por roubo, sexual ou de morte. É claro que existem outros pecados como traição, mentira e outros os quais sabemos que cometemos.
Um pecado segue por toda vida, desde sua idade mais tenra até a sua idade adulta, eles seguem durante toda a sua vida, alguns desses pecados nós não conseguimos absolvição, porque a pessoa pode ter morrido ou porque não queremos nos perdoar, ou mesmo nosso medo pela vergonha de pedir perdão.
Deus nos dá a chance de pedir perdão pelos nossos erros a quem nós tenhamos ofendido, pois esse é mais difícil, não conseguimos nos perdoar por tal pecado, mas a vergonha de declará-lo é pior, pois não podemos ser perdoado se  nós não tentamos nos ajudar, ou por vergonha de declarar tal pecado ou por medo do que as pessoas irão pensar de você.
Primeiro, deve procurar em você a força necessária para assumir seu erro que cometeu à alguém. Segundo, não deve temer que as pessoas te julguem por isso, afinal você cometeu o erro e pedir perdão é algo que irá te ajudar a se curar pelo mal cometido. As acusações serão ruins, porque você não sabia o final de seus atos seriam um pecado.
Mas deve sentir muito bem ao falar com alguém sobre o fato. A quem nos devemos reportar sobre nosso arrependimento?
Você pode declarar à pessoa a quem você cometeu tal pecado ou relatá-lo ao padre na igreja no confessionário. É costume confessar ao padre, e arrepender-se, isso o deixará mais livre e assim poder sentir o sossego de sua alma.
Na verdade confessar é uma forma de arrependimento, pois é um ato de força e fé, que muitas pessoas não conseguem fazer, portanto arrepender-se é um ato completo de fé e de confissão. Alguns céticos e ateus costumam maldizer o cristianismo, mas muitas dessas pessoas nunca confessam seus pecados e preferem achar que tudo não passa de brincadeira, mas a verdade é que nós quando confessamos nossos pecados, parece sair de nós um peso, pois é. Isso serve não só como livrar-se espiritualmente de algo mas serve como um tipo de alívio mental e psicológico também, então o fato de arrepender-se não está só ligado ao ser espiritual, mas ao ser mental.
Muita Luz